domingo, 13 de maio de 2012

Critérios para a Instalação de uma Banheira em Casa

Clássicas, as banheiras já foram item de luxo nas casas. Hoje, mais populares, elas estão disponíveis em variados tamanhos, formatos e com tecnologias diversas que complementam o conforto do banhista. O que muita gente não sabe é que problemas como vazamento, mal funcionamento e infiltração podem ser facilmente evitados com uma avaliação prévia e uma instalação correta. Veja abaixo oito curiosidades e dicas para garantir sucesso na performance do produto:

1.      Sobrepeso: Uma banheira de 180x90cm vazia pode pesar 40kg. Já com a capacidade de água, atinge 220kg. Para evitar sobrepeso no banheiro de apartamentos, é necessário consultar o responsável por obras no prédio e verificar o projeto do edifício;
2.      Projeto: Não é essencial que a banheira esteja prevista no projeto, mas fatores técnicos como o sobrepeso são identificados e solucionados já na planta do local. No entanto, é importante que um consultor da loja visite o espaço e faça uma avaliação preventiva. As medidas são pontos importantes e é preciso que o produto escolhido tenha um convívio harmonioso com o ambiente;
3.      Impermeabilização: É necessária para todas as áreas úmidas, independente do uso de banheiras ou chuveiro. O processo evita infiltrações de água no ambiente;

4.      Instalação: Há modelos com formatos que facilitam a instalação, que não exigem mudanças na alvenaria e outros que demandam reformas, contudo, ambos precisam ser instalados por um técnico que tenha conhecimentos específicos em elétrica e hidráulica e que seja treinado e qualificado pelos fabricantes. Em muitos casos, a própria loja indica um profissional para realizar a instalação de forma segura e eficiente;
5.      Garantia: O tempo varia de acordo com o fabricante, mas os produtos têm, em média, dois anos de suporte. Deve-se tomar muito cuidado. A garantia depende diretamente do processo de instalação. Se o técnico não é habilitado e a banheira é instalada de forma incorreta, o produto perde toda a assistência gratuita do fabricante;
6.      Brilho: Nas banheiras de gel coat, o brilho sofre influência da radiação UV e tem vida útil de dois anos. Já os modelos confeccionados em acrílico possuem acabamento durável, com garantia média de dez anos. Ambos devem ser limpos com sabão neutro e água;
7.      Tecnologias: Hidroterapia, cromoterapia e ozonioterapia são tecnologias que auxiliam no conforto, relaxamento e tratamento de saúde do banhista. A hidromassagem é um tratamento à base de jatos de água. Já a cromoterapia tem finalidades terapêuticas e funciona à base de cores. Uma opção para o tratamento da água da banheira que dispensa o uso de produtos químicos, como o cloro, é a ozonioterapia. Há também recursos modernos e acessórios que implementam o produto, como DVD e TV LCD, frigobar, sistemas de automação, etc.;
8.      Uso e manutenção: É importante que a banheira não ultrapasse 90 dias sem uso, pois, como há uma troca de calor, o motor pode travar sem atividade. Para garantir o bom funcionamento do produto, a manutenção deve ocorrer uma vez por ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário